4. “Esta merda tem que acabar” (3’05”)

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

  • SINOPSE:
    • Do vídeo sugerido – “Esta merda tem que acabar” – de 3’05”, onde aparece uma animação que retrata uma experiência escolar muito reflexiva:
      .

      Cena animada parte da introdução do documentário de Peter Joseph ‘Zeitgeist: Moving Foward’.
      .
    • Do filme completo de 2h41’25” (ver página do filme pra baixar logo abaixo, em ‘anotações’):
      .
      Zeitgeist: Moving Forward, do director Peter Joseph, é uma longa-metragem em forma de documentário que visa a defesa da necessidade de uma transição para sair do actual paradigma sócio-económico monetário que rege as sociedades do mundo inteiro. Este trabalho vai além do relativismo cultural e da ideologia tradicional e aborda os atributos empiricamente basilares da sobrevivência humana e social, extrapolando as leis naturais imutáveis para um novo paradigma de sustentabilidade social designado “Economia Baseada em Recursos”. O filme conta com especialistas nas áreas da saúde pública, antropologia, neurobiologia, economia, energia, tecnologia, ciências sociais e outros assuntos relevantes que dizem respeito à cultura e ao funcionamento social. Os três temas centrais deste trabalho são Comportamento Humano, Economia Monetária e Ciências Aplicadas. Resumidamente, este trabalho cria um modelo de compreensão do actual paradigma social e do motivo pelo qual é fundamental sair do mesmo – juntamente com uma nova abordagem social, que apesar de radical, é ainda assim, prática. Abordagem esta que é baseada em conhecimento avançado e resolveria os actuais problemas sociais que afligem o mundo. Uma das características únicas deste trabalho, que o distingue em termos de estilo da maioria dos documentários, é que tem uma temática dramática/cinematográfica paralela, com actores notáveis, que interpretam várias emoções e gestos relacionados com a mensagem geral do filme, ainda que de forma abstracta. Adicionalmente, este trabalho emprega vigorosamente inúmeros resumos visuais e animações 2d e 3d, mantendo como referência a orientação do documentário tradicional.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

  • REFERÊNCIA:

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

  • ANOTAÇÕES:

Lançamento:

Zeitgeist: Moving Forward foi lançado em mais de 60 países e em mais de 20 idiomas no dia 15 de Janeiro de 2011. Este lançamento em grande escala não está associado a nenhum grande distribuidor.Parte da expressão contra-cultural desta abordagem é evitar todo o envolvimento dos media empresariais e recorrer a grupos de informação independentes, sem fins lucrativos, que irão passar este trabalho nas suas respectivas regiões. A maioria destes grupos está afiliada com diversas comunidades activistas, incluindo “O Movimento Zeitgeist”, que é um grupo de defesa da sustentabilidade em busca de uma transição social para um novo paradigma socioeconómico, afastado da crescente distorção do sistema monetário e suas consequências. Zeitgeist: Moving Forward é um projecto não comercial, o que significa que estará disponível para aquisição gratuita através da Internet, tanto na forma de visualização como download de DVD completo. ZeitgeistMovingForward.com também disponibilizará um DVD a 5 USD entre meados e o final de Janeiro. A Estreia Global fóra levada a cabo pela organização do The Activist Film Festival no dia 15 de Janeiro de 2011 em Los Angeles, Califórnia.
.
HISTORIA:
O director, produtor, escritor, cineasta, compositor, editor e narrador deste trabalho, Peter Joseph, foi inadvertidamente reconhecido dentro da comunidade de documentário com o seu trabalho polémico, premiado em 2007, “Zeitgeist: The Movie”, que obteve mais de 100 milhões de visualizações online durante o primeiro ano da sua publicação. Esse filme não era de todo um filme na sua concepção original, mas tornou-se num após a consagração global. Em 2008, uma sequela daquele trabalho, intitulada “Zeitgeist: Addendum”, estreou no Festival de Cinema Artivist em Hollywood, Califórnia. Tal como aconteceu com o seu antecessor, o premiado “Addendum” tornou-se um vídeo viral na internet, obtendo mais de 50 milhões de visualizações no seu primeiro ano. Após o lançamento da sequela, Joseph fundou um movimento social inspirado pela reacção do público, chamado “O Movimento Zeitgeist”. Esta organização global, agora com mais de meio milhão de aderentes em 200 países, trabalha para dar início à transição da cultura para um novo paradigma económico sustentável e Zeitgeist: Moving Forward é, em parte, uma expressão de media com o mesmo propósito.”O Movimento Zeitgeist” é uma extensão do “Projecto Vénus”, uma organização criada pelo designer industrial Jacque Fresco, que também é destacado no filme. “Zeitgeist: Moving Forward” é o terceiro fascículo daquilo que se tornou um projecto de filmes culturais, que continua a debruçar-se sobre o actual “Zeitgeist”, que significa “o espírito ou a consciência de uma época” ou cultura.

Da página: http://www.zeitgeistportugal.org/capitulo/index.php?option=com_content&view=article&id=138:zeitgeist-moving-forward-estreia&catid=1:inicio

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s